Estado de Goiás

 

Coordenação
Profa. Dra. Émile Cardoso Andrade

 

Regulamento do TC do curso de Letras - 2018

 

No Curso de Letras, O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) ou simplesmente Trabalho de Curso (TC), equivale a desenvolver uma Monografia ou um Artigo Científico (PPC/2015). Essa construção de um TC pede que o estudante empregue os saberes assimilados ao longo de seu curso, apontando uma contribuição efetiva no avanço científico referente ao curso, ou carreira que escolheu. O TCC é relevante, pois nele está presente um trabalho único, com um conteúdo aprofundado, capaz de desvelar problemas e apresentar soluções, como também o desenvolvimento de novas abordagens, a fim de contribuir para o desenvolvimento e crescimento da área estudada. Oportuniza uma prática investigativa e científica para os alunos, de forma que participem de uma produção científica, possibilitando uma articulação de raciocínios para a aplicação do conhecimento. Esse trabalho é elaborado sob a orientação de um professor, e ainda, como forma Complementar da prática pedagógica a fim de familiarizar-se com a pesquisa e incentivar a continuidade dos estudos. O Trabalho de Curso (TC) é normatizado por Regulamento próprio (Resolução n. 01/2013) sendo atividade discente obrigatória integrante do currículo pleno ministrado, indispensável à colação de grau dos alunos do Curso de Licenciatura em Letras deste Câmpus.

O curso apresenta duas linhas de pesquisas para a construção do TC, a saber: a Área de Literatura (Poéticas da modernidade; Estudos culturais e comparativismo; Literatura, história e memória; Literatura e tradução); e a Área de Linguística (Descrição e análise de línguas naturais; Linguagem, sociedade e cultura; Ensino e aprendizagem de línguas; Linguagem, texto e discurso). A definição dos orientadores deve ser pautada pela relação de confiança entre orientador e acadêmico em observância a adequação da linha de pesquisa escolhida por este acadêmico. Em relação às orientações, estas devem ser realizadas em momento extrassala, por meio de encontros presenciais acordados entre os envolvidos e registrados formalmente em formulário específico contido no sistema Veritas/UEG.

Antecede a defesa do TC o período de Qualificação, que seria uma consulta especial e decisiva, com um leitor que pode ajudar o acadêmico a desenvolver seu TC avaliando a maturidade deste acadêmico na sua área de investigação. A qualificação se dá em período que antecede o prazo final estipulado para a defesa do TC, e ambas, qualificação e Defesa, dar-se-ão em período estabelecido pelo calendário da Coordenação Adjunta de TC (o qual é aprovado no colegiado do curso).

 

 

Professor(a)

Linhas de pesquisa

Adolfo José de Souza Frota

 

Poéticas da modernidade;

Estudos culturais e comparativismo.

Adriana Gomes Bezerra

Estudos culturais e comparativismo;

Literatura, história e memória;

Ensino e aprendizagem de línguas.

Arcângelo Scolaro

 Estudos culturais e comparativismo

César Augusto de Oliveira Casella

 

Linguagem, sociedade e cultura;

Linguagem, texto e discurso.

Claude Valentin René Detienne

 

Estudos culturais e comparativismo;

Ensino e aprendizagem de línguas.

Déborah Magalhães de Barros

Descrição e análise de línguas naturais;

Linguagem, sociedade e cultura;

Ensino e aprendizagem de línguas;

Linguagem, texto e discurso.

Ebe Maria de Lima Siqueira

Poéticas da modernidade;

Literatura, história e memória.

Eleone Ferraz de Assis

 

Ensino e aprendizagem de línguas;

Linguagem, texto e discurso.

Émile Cardoso Andrade

Poéticas da modernidade

Estudos culturais e comparatistas

Guido de Oliveira Carvalho (Licença para qualificação)

Ensino e aprendizagem de línguas.

Janete Abreu Holanda 

 

Linguagem, sociedade e cultura;

Ensino e aprendizagem de línguas;

Linguagem, texto e discurso.

Márcia Maria de Melo Araújo

Poéticas da modernidade;

Literatura, história e memória.

Marília Silva Vieira

Descrição e análise de línguas naturais

Linguagem, sociedade e cultura

Mislainy Patrícia de Andrade (Licença para qualificação)

Ensino e aprendizagem de línguas.

Núbia Teodora Cunha Mateus

 

Regina Maria Emos da Luz

Ensino e aprendizagem de línguas.

Sônia Cristina da Silva Passos de Alarcão 

Ensino e aprendizagem de línguas.

 

Descrição das linhas de pesquisa

 

Poéticas da modernidade.

Estudo das poéticas que fundaram a modernidade, enfocando-se tanto o cânone literário quanto as produções contemporâneas em suas mais variadas manifestações. Relação entre o discurso literário em suas múltiplas configurações e a produção teórica e crítica.

 

Literatura, história e memória.

Estudos comparados que se ocupam das dinâmicas de história e memória da vida literária e cultural, compreendendo: movimentos, associações e grupos literários; historiografia literária; organização de acervos de escritores, crítica genética e crítica textual; gêneros de fronteira (epistolografia, crônica jornalística, narrativas de viagens, diários e memórias); paratexto; recepção crítica.

 

Descrição e análise de línguas naturais.

Descrição e análise das propriedades fonético/fonológicas, morfológicas, sintáticas, semânticas e pragmático-discursivas da Língua Portuguesa e Língua Inglesa a partir de diferentes perspectivas teóricas. Estudos do léxico da Língua Portuguesa. Processos de gramaticalização e de estabilização ao longo da trajetória da Língua Portuguesa. A complexidade da correlação função x forma. Visão funcionalista da linguagem. A interface discurso e gramática em perspectiva funcional. Relações entre gramática funcional e cognitivismo.

 

Linguagem, sociedade e cultura.

Estudo de fenômenos de linguagem em relação aos aspectos sociais e culturais que os envolvem e/ou atravessam, podendo abordar, entre outros, os seguintes temas voltados para este objetivo: a língua portuguesa e suas relações com a sociedade e a cultura brasileira; as obras de várias formas de expressão artística (literatura, quadrinhos, audiovisual, etc.) quando relacionadas à sociedade e à cultura; a língua/linguagem concebida como criadora e transformadora do universo cultural e social; os múltiplos aspectos sociolinguísticos envolvidos na utilização das línguas pelas diversas comunidades de falantes; o estabelecimento e a circulação da(s) linguagem(ns) numa dada sociedade e cultura.

 

Ensino e aprendizagem de línguas.

Estudo do ensino e da aprendizagem de línguas (portuguesa e inglesa), podendo abordar os seguintes temas voltados para esse objetivo: formação de professores; abordagens, métodos e técnicas no ensino; contexto de sala de aula; ensino na escola pública; relação professor-aluno; histórico do ensino de línguas; novas tecnologias; avaliação no contexto escolar; estudo dos documentos oficiais; análise e elaboração de materiais didáticos.

 

Linguagem, texto e discurso.

Análise dos fatores da constituição e funcionamento de textos e dos discursos. Perspectivas teóricas dos estudos do texto, do discurso e da interação. Linguagem verbal e outras linguagens. Discurso e enunciação. Discurso e interdiscurso. Gênero textual/discursivo e esferas de circulação dos discursos. Reflexões sobre o discurso por estudos históricos, políticos e sociais da linguagem, privilegiando as relações entre discurso e história.