Estado de Goiás

A MULHER EM CENA NA IDADE MÉDIA: IDENTIDADES FEMININAS NO TEATRO DE GIL VICENTE  

Foi realizado dia 21/08/2018, a partir das 19:30 h, no Teatro São Joaquim, da cidade de Goiás, evento sobre o dramaturgo e comediógrafo português Gil Vicente, pela comemoração dos 500 anos de duas de suas obras, o Auto da Alma e Auto da Barca do Inferno. A iniciativa é da Profa. Dra. Márcia Maria de Melo Araújo, com o projeto de extensão intitulado “A mulher em cena na Idade Média: identidades femininas no teatro de Gil Vicente”, desenvolvido na Universidade Estadual de Goiás, com apoio da Pró-Reitoria de Extensão, Cultura e Assuntos Estudantis, representado na ocasião pelo Prof. Dr. Euzébio Fernandes de Carvalho, e do Grupo de Estudo e Pesquisa em Literaturas de Língua Portuguesa (GEPELLP), vinculado ao CNPq.

O evento contou com a presença do Prof. Dr. Pedro Carlos Louza da Fonseca, da Universidade Federal de Goiás, especialista em Idade Média e conhecedor da obra vicentina, para a abertura, em que ele apresenta Gil Vicente: homem e obra, com o intuito de mostrar o contexto socio-cultural em que viveu o autor, justificando sua postura satírica em relação à época. Em seguida, a acadêmica da Universidade Federal de Goiás, mestranda Adriana Sul Santana e a mestre em Crítica Literária pela Pontifícia Universidade Católica Leicina Alves Xavier Pires apresentaram autos e farsas vicentinos, tendo como foco identidades femininas no teatro de Gil Vicente. As apresentações foram encerradas com a Farsa de Inês Pereira.

 

 

 

 

Notícia publicada em 24/08/2018